“Tentar ?
Isso não existe.
Só existe fazer ou não fazer.”

Yoda, em “O império contra-ataca”.


Ter um sonho e realizar esse sonho são coisas diferentes.
A diferença entre um e outro, muitos chamam de sucesso.
Aqui você encontra uma fórmula prática, em 10 etapas, para você colocar o seu bloco na rua, rumo à realização do seu sonho.
Interessado? Se sim, leia o que se segue.

Você tem um sonho?

Você tem dificuldade em realizar o seu sonho?

Você é aquela pessoa que sempre tem coisas para fazer, e chegando ao final do dia, está cansadíssimo, mas, mesmo assim, fica com a impressão de que nada fez, pois a relação do que há para ser feito amanhã, só aumentou?

Se você é uma destas pessoas, e você quer, efetivamente, mudar este estado de coisas, este artigo pode ajudá-lo. Mas somente se você quiser, pois ele mostra um caminho, e a decisão de colocar a sua pessoa nesse caminho é exclusivamente sua.

Eu recomendo e acompanho diversos aconselhados meus neste caminho. Os resultados são ótimos, mas dependem somente de você.

O que leva as pessoas a adotarem o “estilo atarefado” tem várias origens. Uma, cultural, retrata os líderes como pessoas sem tempo, ultra atarefadas, e isso vira um péssimo modelo, além de ser um grande engano.




Os verdadeiros líderes são pessoas que utilizam de forma primorosa o tempo, e a principal tarefa de um líder, que é conduzir o seu pessoal e a empresa, no rumo desejado, exige dele o contato mais do que freqüente, exige um contato perene e constante com a realidade.

Não há como se sintonizar com a realidade se não houver tempo para ver, perceber e apreender a realidade. Há que se ter tempo para entrar em sintonia com o que acontece no mercado, nas várias faces desse mercado com que a sua empresa se relaciona e depende.

A completa imersão na realidade é um pré-requisito de quem tem a obrigação de apontar caminhos.

Leia o artigo anterior: A LIDERANÇA E A XÍCARA CHEIA

Você e todas as pessoas extremamente atarefadas acabam deixando de lado o tempo para:- si próprias, – a sua diversão,- os amigos,- o cônjuge,- a família, 

e a sua vida entra em parafuso, você deixa de circular entre os diversos papéis que assumiu como pessoa, mas que a sua relação com:- o tempo, – com o espaço, e- a informação 

não lhe permite exercer – algumas vezes com culpa! -, podendo culminar na abreviação da própria vida, através de algum mal do coração.

Este retrato é muito mais comum do que parece, portanto não estranhe se você se sentiu retratado nestas palavras anteriores.

A vida de todas as pessoas é guiada, mesmo que não saibamos, por dois instrumentos básicos e instintivos: o relógio e a bússola.

O relógio nos diz sobre a urgência do que há para ser feito, e este é, habitualmente, o instrumento que a maioria segue na sua vida. Você é controlado pelo seu relógio?

O outro instrumento, instintivo também, de menor uso e de importância muito maior, é a bússola, que nos informa qual a direção a seguir, define aquilo que é importante na nossa vida.

Leia o nosso artigo relevante, em nossa humilde opinião: Alinhamento Pessoal

Para saber a diferença entre Eficácia, Eficiência e Efetividade, leia o artigo: O ALINHAMENTO DA EMPRESA (I)

Nós podemos dizer que o relógio e a bússola evidenciam quatro opções de para todas e quaisquer ações que você venha a tomar, como mostrou a figura da MATRIZ DE EFETIVIDADE PESSOAL mostrada abaixo:

Marketing Pessoal - Matriz: Efetividade Pessoal
Matriz: Efetividade Pessoal

Na Matriz da Efetividade Pessoal, acima, temos 4 quadrantes que passaremos a explicar um a um:

QUADRANTE AZUL

1º) PRIORIZAR o que é importante e urgente;

QUADRANTE VERDE

2º) FAZER o que é importante, mas não urgente;

QUADRANTE AMARELO

3º) DELEGAR o que não é importante, mas é urgente;

QUADRANTE VERMELHO

4º) ESQUECER o que não é importante e nem urgente.

Se você não tem um sonho, qualquer lugar é um bom lugar de chegada… e você anda sem rumo, a esmo. 

Eu recomendo que você pare de ler este artigo, pois ele foi escrito para quem quer realizar os seus sonhos…e a primeira etapa para realizar o sonho é ter um sonho.

A primeira atividade, que você deve fazer para fugir dessa roda-viva, é estabelecer os seus objetivos de longo prazo: os seus sonhos que você quer realizar.

Então, ditas, vistas e introjetadas estas informações, só nos resta partir para a sua atividade prática de melhoria contínua.

Eu falo em melhoria contínua porque você não muda da noite para o dia, você vai mudar um pouco por vez, de acordo com a sua própria percepção:
– do que você quer,
– do quanto você quer e
– do quanto você consegue.




Eu não vou deixar nenhuma regra que sirva para todos, a não ser estas:
– A sua organização pessoal é um reflexo da pessoa que você é, e você deve fazer tudo aquilo que deixa você feliz e em paz consigo próprio.
– Mesas e ambientes arrumadíssimos são para pessoas que gostam de cada coisa em seu lugar, e assim se sentem bem e felizes.
– Mesas e ambientes bagunçados são para pessoas que focam o que deve ser feito, pouco ligando para as lateralidades, e assim se sentem bem e felizes.

O que é bom para você é o que lhe faz bem, e o deixa feliz. 

Não sou eu quem vai ditar regras do que você precisa ou não fazer.

Mas se você não está satisfeito com os resultados do seu desempenho, e quer melhorar – melhorar ou não, e o quanto melhorar é uma decisão exclusivamente sua -, aqui tem um exercício para você.

Entre os dois extremos traçados acima, da mesa arrumada e da mesa bagunçada, está você e a grande maioria das pessoas.

A AGENDA

Você tem uma agenda?

Se você quer melhorar os resultados do seu desempenho, além de ter uma agenda, eis uma sugestão já testada do que você pode fazer:

1º) Escreva os sonhos de longo prazo que você quer realizar na sua agenda.

2º) Leia os sonhos de longo prazo, diariamente. Mentalize os resultados da realização desse sonho, a fruição desse seu sonho.

3º) Estabeleça os primeiros resultados semanais que você deve, quer e precisa realizar na direção do seu sonho.

4º) Identifique e separe, de forma coerente e sequencial, o que você deverá fazer, a cada dia da semana, para que você obtenha o resultado esperado no final de semana, que você descreveu no item 3º.

Faça essa atividade todo o domingo à noite.

5º) A cada início de um novo dia, veja o que você programou para fazer na semana. Consulte, quantas vezes for necessário durante o dia, o que você se programou para fazer.

Você deve executar somente ações azuis e verdes, de acordo com a Matriz da EFETIVIDADE PESSOAL, apresentada acima.

As primeiras ações a serem realizadas, a princípio, devem ser as localizadas no quadrante AZUL – importante e urgente.

As últimas atividades a serem realizadas, a princípio, devem ser as que se localizam no quadrante VERDE.

Nas duas frases acima, eu usei “a princípio”, pois pode haver casos onde a sequência de atividades exige que você faça primeiro uma atividade do quadrante VERDE para possibilitar você fazer uma atividade do quadrante AZUL.

Por fim, as últimas atividades, aquelas a serem delegadas, são aquelas classificadas como pertencentes ao quadrante amarelo. Você deve se proibir de se preocupar e de dedicar tempo e atenção a alguma atividade do quadrante vermelho. Simplesmente esquece-as!

6º) Ao final de cada dia, anote:
– o que foi feito, 
– o que deixou de ser feito,
– as razões que levaram você a fazer o que você fez, aquilo que havia sido programado,
– as razões pelas quais você deixou de fazer algumas das atividades programadas, e
– as razões pelas quais você executou alguma ação não programada.

7º) Faça um balanço diário e confronte com a MATRIZ DA EFETIVIDADE PESSOAL acima.

Você deve verificar e estar atento às razões que levam você a executar quaisquer atividades, programadas ou não programadas, mas que se localizem nos quadrantes AMARELO e VERMELHO.
Se houve a realização de uma atividade não programada, aprenda com o fato: 
– Você esqueceu-se de que essa atividade seria necessária? 
Se sim, aprenda para uma próxima vez.
Se não, se a atividade está nos quadrantes AMARELO e VERMELHO, aprenda a se tornar produtivo, para garantir que você se dedique ao que você considera importante para a sua vida: a realização do seu sonho.

8º) Faça uma nova programação, a cada final de noite,do que deve ser feito no dia seguinte. Se a semana não tiver terminado, siga novamente para a etapa 5º.

9º) Faça uma nova programação, a cada final de semana, o que deve ser feito na semana seguinte. Se você ainda não atingiu o seu sonho, volte à etapa 2º.

10º) Usufrua do seu o seu sonho.

Estas são as 10 etapas na busca da realização do seu sonho. Elas ajudam a você a:- conhecer a si próprio (auto-conhecimento),
– planejar melhor o que você quer (persistência),
– executar o que deve ser executado (disciplina),
– ser melhor a cada dia (humildade e aprendizado contínuo), 
– a interagir com o mundo que o cerca (interação com a realidade),
– a cada ação aproximar-se do seu sonho (construir proativamente a sua realidade futura), 

ao longo da sua jornada rumo ao que você não somente deseja, mas constrói ativa e diariamente: O SEU SONHO.

A disciplina e a persistência de propósito, no sentido de caminhar diariamente em busca da realização do seu sonho, e a humildade de aprender a cada passo, a tornar-se cada dia melhor, é que fazem a diferença entre:- os que atingem o seu sonho e 
– aqueles que ficam, a vida inteira, somente no sonho.

Há várias pessoas que se atém ao que “gostam” de fazer, diariamente, e por fazerem exclusivamente o que gostam de fazer, e deixando por ser feito o que precisa ser feito para realizar o seu sonho, continuam sonhando o sonho impossível de ser feito.

Essas pessoas vivem sonhos impossíveis de serem realizados, pois elas buscam:- as gratificações imediatas;
– comprometem-se somente com o prazer de hoje;

e deixam o que é importante e necessário, todo o dia para o dia seguinte, num adiamento constante:- do que custa um pouco fazer, 
– do esforço a mais que leva ao objetivo de longo prazo, 

enfim, deixam de investir hoje no futuro de amanhã, saciam-se no presente, e isso lhes basta. Por isso os sonhos, que essas pessoas sonham, são impossíveis de se realizarem, pela forma e jeito com que enfrentam – e adiam – os desafios diários.

Fazendo a conexão com o artigo ALINHAMENTO PESSOAL, as pessoas que perseguem e alcançam os seus sonhos e objetivos são aquelas que aprenderam a abdicar das pequenas gratificações diárias, em troca de uma gratificação maior futura: a realização do sonho. 

As pessoas, que realizam sonhos de longo prazo, são, na maioria dos casos, pessoas com ALINHAMENTO INTERNO, CONTROLE INTERNO, e estão em constante INTERAÇÃO COM A REALIDADE.

As pessoas, que se atém aos sonhos de curto prazo, ao prazer imediato do dia a dia, são, na sua maioria, pessoas com ALINHAMENTO EXTERNO, CONTROLE EXTERNO e estão em constante SUBMISSÃO À REALIDADE.

E você:
– tem um sonho que quer realizar?
– faz o seu caminho, a cada dia, na busca da realização do seu sonho?

E você? Você quer fazer acontecer o que?

Não importa se o que você quer fazer acontecer seja algo pessoal, familiar, profissional ou empresarial, a Merkatus pode ajudá-lo a fazer isso ser realidade. Contate-nos. 

Planeje e faça uma semana excelente.

Carlos Alberto de Faria

Graduado em Engenharia Eletrônica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) em 1972 e pós-graduado em Marketing de Serviços pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em 1997. Mais de 40 anos de experiência em Marketing.

Este artigo pode ser impresso, repassado ou copiado, no todo ou em parte, desde que
1º – mantida a autoria; 2º – divulgado o autor e 3º – divulgado o endereço do site  https://www.merkatus.com.br

🏆 Marketing Institucional 🏆 Os 10 artigos mais buscados da semana

  1. Potencial de Mercado: O Que É e Como Medir?
  2. O que é ENTROPIA na administração?
  3. Missão Visão & Valores: Por Que, O Que, e Como? Exemplos
  4. SERVIÇOS: As expectativas dos clientes
  5. VENDENDO PLANOS
  6. A Pirâmide de Maslow
  7. SERVQUAL: Método Para Medir A Qualidade Dos Serviços – Exemplo
  8. Dicas Práticas para ATENDIMENTO PESSOAL
  9. Fatores chave de Sucesso – Os 5R’s
  10. O Marketing cria NECESSIDADES?