CARLOS ALBERTO DE FARIA  apresenta:
BOLETIM ELETRÔNICO SEMANAL - BES Assinar o BES, clique aqui!



RECEITA DE MARKETING

"Só se pode chamar ciência
ao conjunto de receitas
que funcionam sempre.
Todo o resto é literatura"
Paul Valéry

______________________________________________________
RESUMO:
"A receita de marketing para o seu negócio, prontinha e saindo do forno, é uma busca freqüente. Mas infelizmente não há receita pronta.
A receita de hoje pode não funcionar amanhã.
A receita que deu certo para o seu concorrente não serve para você.
Aquele negócio que deu certo na outra cidade, não quer dizer que dará certo na sua cidade.
Por quê? Aqui você encontra a resposta."

____________________________________________________________________


Muitos falam, muitos pedem uma receita de marketing para dentistas, para padarias, para médicos, para indústria fonográfica, para pequenas empresas, para lojas de informática, para lavanderias.

É generalizado esse pedido.

Lamento informar, infelizmente não há receita de marketing!

Deixe-me explicar as razões desta minha afirmativa:

Não importa o seu ramo de atuação, o que quer que você faça, você o faz para um determinado mercado.

1º) O mercado só vai comprar o que você oferece se as pessoas ou organizações perceberem que a sua oferta é RELEVANTE.

O que é ser RELEVANTE?

Ser RELEVANTE é ter importância, ter valor, despertar interesse. Ninguém compra ou investe o seu suado dinheiro em algo irrelevante.

Então analisemos a RELEVÂNCIA nos casos levantados:

- Dentistas: providencia a saúde bucal.
- Padarias: oferece pães e bolos e outras conveniências.
- Médicos: tratam da recuperação e manutenção da saúde, ou minimizam a dor.
- Lojas de informática: providenciam materiais e logiciais para educação em informática e acesso ao mundo virtual.
- Lavanderias: providenciam a higienização de roupas.

Todos estes, e cada um destes ramos de atividade, são RELEVANTES para a sociedade. Note que o que está apresentado não é o que cada um faz, mas sim o que cada uma dessas profissões propicia para seus clientes.

Agora, não basta ser RELEVANTE. Os seus concorrentes, e os concorrentes de cada um destes ramos de atividades, também oferecem RELEVÂNCIA.

A RELEVÂNCIA somente garante que há mercado, não garante que você consiga passar a sua oferta para esse mesmo mercado.

E mais um detalhe: a RELEVÂNCIA exige que você seja capaz de produzir essa oferta, ou seja, depende do seu perfil como empresário ou empreendedor.

2º) Quais os motivos que fazem que os seus clientes potenciais comprem de sua empresa e não dos seus concorrentes?

Aqui você precisa ser RECONHECIDO como um fornecedor diferenciado, só você oferece "algo a mais", e esse "algo a mais" é a razão pela qual os clientes fazem da sua empresa a escolha deles.

De uma forma a não deixar dúvidas: sem ser RECONHECIDO sua empresa não compete, sobrevive.

Ser RECONHECIDO, ter um diferencial é ter uma vantagem competitiva sobre os seus concorrentes, ter "algo a mais" na sua oferta que é a razão do seu sucesso.

Leia: VANTAGEM COMPETITIVA: O Que E Como?

A vantagem competitiva, o seu RECONHECIMENTO só existe no seu mercado de atuação e em comparação com os seus concorrentes.

Isto quer dizer que se você pegar uma receita de marketing utilizada por outra empresa, você será igual a ela, e sendo igual, não terá diferencial, apenas sobreviverá.

O RECONHECIMENTO, conferido pelo seu diferencial, pela sua vantagem competitiva, aquilo que lhe garante o sucesso, mostra aos seus concorrentes um caminho, e eles, invariavelmente, copiarão a sua vantagem competitiva. Possivelmente alguns não terão competência nem para fazer igual, mas outros poderão fazer melhor.

Esta é a grande razão pela qual o RECONHECIMENTO precisa ser sempre trabalhado, pois o que hoje é valorizado, amanhã todos têm, e vira feijão com arroz.

Leia: O SEU SERVIÇO ENVELHECE? e O QUE SÓ VOCÊ NÃO VÊ?

Para garantir a sua sobrevivência no mercado você precisa, constantemente, pesquisar a RELEVÂNCIA e o RECONHECIMENTO, a primeira frente ao seu mercado alvo, e a segunda a sua posição relativa no seu mercado alvo, frente aos seus concorrentes.

É mais difícil se manter no topo, do que chegar lá. O sucesso é difícil, mas é mais difícil manter o sucesso obtido, do que chegar a primeira vez ao sucesso.

A menos que você esteja lançando um serviço inovador, ou revolucionário, oportunidade única que lhe garante não ter concorrência, não dá para ter algo que seja RELEVANTE e RECONHECIDO para todo o mercado. Esta é a razão pela qual construímos ofertas específicas ou adaptadas a determinados segmentos.

Leia: SEGMENTAÇÃO DE MERCADO.

Com este detalhe também: o RECONHECIMENTO exige que você seja capaz de produzir essa oferta DIFERENCIADA, ou seja, depende do seu perfil e da sua capacidade como empresário ou empreendedor, que é diferente do perfil e da capacidade dos seus concorrentes.

Convém reforçar o par informação-ação: se alguém copia a sua vantagem competitiva, duas coisas acontecem:

- esse alguém adotou uma estratégia de seguidor de mercado, não é original;
- você perdeu a sua vantagem competitiva.

Por este motivo é usual dizer que só há 3 estratégias possíveis:

- a revolucionária, quando se apresenta uma oferta única e inovadora, sem concorrentes;

- a evolucionária: a melhoria contínua da sua oferta no sentido do que o seu mercado-alvo busca;

- a "me too": a "copiativa", a adotada pela turma do "eu também".

Como a sua oferta precisa ser RELEVANTE e RECONHECIDA ao mesmo tempo, ela precisa, OBRIGATORIAMNENTE, estar em sintonia com o seu mercado-alvo (os segmentos que você escolheu para atacar) e diferente dos seus concorrentes.

Esta é a razão pela qual o que deu certo para o seu concorrente, quase que com certeza não dará certo para você. Por isso não há receita.

Ou seja, independente do seu ramo de atuação, a RECEITA DE MARKETING para a sua empresa, qualquer que seja ela, sempre vai depender:

- do seu mercado-alvo;
- dos seus concorrentes e do posicionamento deles no mercado; e
- do seu perfil e das suas competências pessoais.

A limitação ou adequação das ações de marketing ao seu perfil e as suas competências pode ser resolvida de forma diferente: verificar-se qual é a melhor estratégia para o mercado e para atacar a concorrência e contratar as pessoas (competências) necessárias para desenvolver estas ações. Esta opção exige capital para investir em talento.

Portanto, há marketing:

- para aquele dentista,
- aquela padaria da esquina da sua casa,
- para o médico familiar lá de Quixeramubim,
- para a loja de informática do seu Antenor, que fica lá em Cruz das Almas, e
- para a lavanderia da D. Bega, que fica aqui em Bombinhas;

ou outros quaisquer outros negócios, existentes ou por abrir, em algum lugar (mercado e concorrência), para aquele determinado empreendedor.

Este conjunto (mercado-alvo, concorrência e o seu perfil e as suas competências) é único para quaisquer empreendimentos, inclusive o seu, razão pela qual estranhe e duvide de alguém que se dispuser a entregar a você uma receita de marketing.

Se a sua empresa precisa montar o seu negócio, precisa da consistência de um plano de marketing para chegar ao sucesso pelos melhores caminhos, a Merkatus pode ajudá-lo. Contate-nos:

calfaria@merkatus.com.br ou
0 XX 47 3369-2465 ou
MSN: cafaria@merkatus.com.br.

Faça uma boa semana.

Carlos Alberto de Faria
Merkatus - Ajudando nossos clientes a atrair clientes.

_____________________________________________________________________
Se você quiser assinar GRATUITAMENTE este Boletim Eletrônico Semanal, cadastre-se aqui:

http://www.merkatus.com.br/10_boletim/index.htm . Nesta mesma página podem ser encontrados os Boletins Semanais anteriores.

Caso queira cancelar o recebimento deste Boletim Eletrônico Semanal basta nos enviar um "E-MAIL" para contato@merkatus.com.br preenchendo o campo "ASSUNTO" OU "SUBJECT" com a palavr
a DESCADASTRAR.
______________________________________________________________________

Este Boletim Eletrônico Semanal é uma prática de disseminação de conhecimento adotada pela Merkatus, através do correio eletrônico, de circulação restrita e exclusiva para pessoas, instituições ou empresas que manifestaram o interesse em recebê-lo. Este Boletim Eletrônico Semanal aborda temas que ajudam as pessoas, as empresas e as instituições a aprimorar: a obtenção de mais e melhores clientes certos, a conformidade do que produzem ou fazem à demanda do seu mercado, a aproximação de interesses convergentes entre a demanda e a oferta, dentro da área de serviços. É nosso intuito promover o desenvolvimento pessoal e aprimorar as relações comerciais do mercado.
.Este Boletim Eletrônico Semanal pode ser impresso, repassado ou copiado, no todo ou em parte, desde que
1º - mantida a autoria;
2º - divulgado o autor e
3º - divulgado o endereço do "site"  http://www.merkatus.com.br.

© Copyright 2003-2007, Carlos Alberto de Faria, Merkatus
Este "site" foi desenvolvido pela Merkatus.