PUBLICIDADE: Devo Fazer?

“A morte do homem começa no instante
 em que ele desiste de aprender. “

Albino Teixeira

Publicidade: fazer ou não fazer?
Alguns novos empreendedores, massificados pela propaganda, crêem que a forma de atrair clientes e mais e melhores negócios passa obrigatoriamente pela propaganda.
Isso nem sempre é uma verdade…Leia mais abaixo.

O problema principal é saber o que você quer? O que você quer para a sua empresa?

Por que você quer aparecer na mídia?

Depois da sua resposta bem entendida, caso essa resposta seja para atrair clientes, para fazer mais e melhores negócios, talvez a abordagem à solução do seu problema precise ser outra…

Empresas estabelecidas e empresas novas na mídia, geram percepções diferentes no público.

Enquanto as empresas conhecidas reforçam as suas marcas, serviços e produtos, as empresas novas ficam somente conhecidas.

A solução do problema de conseguir mais clientes e melhores negócios, na construção e transformação da sua empresa em uma máquina de vendas, passa, obrigatoriamente, pela etapa de ser conhecida.

Dependendo do que a sua empresa ofereça ao mercado, sua empresa para obter a venda, precisa também inspirar a segurança de que o seu cliente pode entregar o seu rico e suado dinheirinho, com a certeza de que receberá o que deseja.

Quanto maior o valor relativo da compra da sua oferta, sob o ponto de vista do seu cliente, quanto mais especializada for a sua oferta, mais segurança os seus clientes necessitam.

E ainda não para aí…

Por que o cliente comprará da sua empresa, e não de uma empresa concorrente? Ou seja, quais os motivos que a sua empresa dá aos seus clientes potenciais para fazerem a escolha da sua empresa, e não de uma das suas empresas concorrentes?

Você já viu alguém escolher um médico, para um filho, pelas páginas amarelas? É normal buscar-se referências, encontrar pontos que dêem apoio à escolha, nestes e em outros casos semelhantes.

E referências só se consegue com serviços muito bem feitos, ao longo do tempo.

Tudo que valha a pena ser feito, merece ser muito bem feito.

O pessoal da publicidade faz muito bem o seu trabalho, e se vende como algo necessário, imprescindível, fazendo alguns empreendedores mergulharem em suas soluções, quando, na realidade, o percurso rumo ao sucesso passa:

–  pela lenta construção de uma percepção junto aos seus clientes alvo, 

– de uma empresa relevante que atende aos anseios dos seus clientes, 

– de uma empresa reconhecida por apresentar uma oferta desejada e diferente dos seus concorrentes, e

– uma empresa séria (segurança para o cliente) o suficiente para que o cliente entregue o seu suado dinheirinho na busca de atender as suas necessidades.

O que eu falo, resumidamente, é o seguinte:

– construa ou estabeleça uma oferta que seja relevante, e reconhecida como diferente em algo que o seu mercado busque;

– inspire confiança para aproximar os seus clientes da sua oferta e pontos de venda;

– transmita segurança para que esses clientes puxem a carteira e comprem a sua oferta. 

O ponto básico e, frequentemente esquecido, é a construção da sua oferta.

Este assunto é de “razoável” interesse, define somente as condições necessárias para que o sucesso da sua empresa ocorra. 

Eu recomendo que você este artigo: CONSTRUINDO O SUCESSO

que explica melhor a obrigatória construção da sua oferta.

Yahoo, Google, e Amazon são exemplos fora da curva média, pois investiram MUITO DINHEIRO para a construção e reforço, via publicidade, desse conjunto de fatores.

TODAS essas, e outras mais, vendiam algo RELEVANTE, e tinham e têm características distintas dos seus concorrentes, que justificavam a escolha dos seus clientes alvo. Elas tinham ou têm uma oferta relevante e reconhecida.

E o fato de investirem MUITO DINHEIRO em publicidade não as faz modelos a serem seguidos pelos empreendedores com pouco capital. É o seu caso?

Com os Pés no chão

Pense, por exemplo, num arquiteto, novo e desconhecido no mercado, primeiro aluno da sua turma de arquitetura. 

Adianta esse arquiteto fazer publicidade? 

Você entregaria o projeto da sua sonhada casa a um arquiteto sem referências, sem um projeto pronto e construído para você olhar, sentir e se convencer, apesar dele ser o primeiro aluno da turma?

Ou você entregaria o projeto da sua sonhada casa simplesmente porque um determinado arquiteto fez publicidade?

Com a sua empresa será diferente?

O que você quer para a sua empresa? 

Ter uma oferta relevante, diferenciada e procurada? 

Ser conhecida? 

Gerar confiança? 

Transmitir segurança?

Ou tudo isso junto?

O que você quer para a sua empresa? Você tem dúvidas ou alguma dificuldade em responder estas perguntas? A Merkatus pode ajudá-lo.

Contate-nos ou leia a página PERGUNTAS E RESPOSTAS para maiores informações sobre nossos serviços.

Construa uma semana excelente.

Carlos Alberto de Faria

Graduado em Engenharia Eletrônica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) em 1972 e Pós-Graduado em Marketing de Serviços pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em 1997. Mais de 40 anos de experiência em Marketing.


Este artigo é uma prática de disseminação de conhecimento adotada pela Merkatus, através do correio eletrônico, de circulação restrita e exclusiva para pessoas, instituições ou empresas que manifestaram o interesse em recebê-lo. Este artigo aborda temas que ajudam as pessoas, as empresas e as instituições a aprimorar: a) a obtenção de mais e melhores clientes certos; b) a conformidade do que produzem ou fazem à demanda do seu mercado; c) a aproximação de interesses convergentes entre a demanda e a oferta, dentro da área de serviços. É nosso intuito promover o desenvolvimento pessoal e aprimorar as relações comerciais do mercado. 

Este artigo pode ser impresso, repassado ou copiado, no todo ou em parte, desde que: 1. mantida a autoria; 2. divulgado o autor; e 3. divulgado o endereço do site www.merkatus.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.