POTENCIAL DE MERCADO: O QUE É E COMO MEDIR?

O que é potencial de mercado? 

Como medir ou quantificar esse tal de potencial de mercado?

Estas perguntas aparecem, freqüentemente, vindo de várias pessoas que acessam o nosso sítio. Para não ficar somente como mais um conceito na página do nosso Dicionário de Marketing, vamos neste artigo explicar o conceito e como utilizá-lo de forma prática, para obter o resultado que você deseja.

Primeiramente, potencial de mercado é quanto um dado segmento do mercado – país, estado, município ou bairro – pode gastar com determinado produto ou serviço. Ou seja, é quanto dinheiro há na mão dos clientes potenciais para comprar um determinado serviço ou produto.

Este levantamento é feito, usualmente, quando se está estudando a possibilidade de abrir um negócio. Faz-se a análise do potencial do mercado, quantos concorrentes há no momento, quantos concorrentes poderão chegar, etc.

O modelo que estamos propondo, abaixo, por ser bastante intuitivo, foi desenvolvido pelo Prof. Dole A. Anderson, no início doa anos 70, e está apresentado no livro “MARKETING – Um Visão Brasileira“, de Raimar Richers, Negócio Editora, 2000.


Gráfico “Como Medir O Potencial De Mercado?”
adaptado de “Marketing – Uma Visão Brasileira”, de Raimar Richers, Negócio Editora.

Como dissemos o modelo é bastante intuitivo. Basta seguir as três etapas: 

1. PESSOAS: a quantidade de indivíduos no mercado a ser considerado: país, estado, município ou bairro, ou cunjunto destes.

2. COM DINHEIRO: que parcela da população considerada – mercado-alvo – tem condições econômicas de acesso ao serviço ou bem que queremos vender.

3. PARA GASTAR: que parcela da renda pode ser destinada à compra dos serviço ou produto objeto deste estudo de potencial de mercado.

Ou seja, respondemos as seguintes perguntas: 

– quantas pessoas há no segmento?
– quanto dinheiro há nesse segmento?
– quanto dinheiro há para comprar o que eu quero vender?

Esta última resposta é o valor do potencial de mercado do seu produto ou serviço.

Esta proposta é de um cálculo de potencial de mercado utilizando uma segmentação geográfica, mas o cálculo pode ser feito com quaisquer tipos de segmentação.

Até um próximo artigo!

Carlos Alberto de Faria

Graduado em Engenharia Eletrônica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) em 1972 e Pós-Graduado em Marketing de Serviços pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em 1997. Mais de 40 anos de experiência em Marketing.


Este artigo é uma prática de disseminação de conhecimento adotada pela Merkatus, através do correio eletrônico, de circulação restrita e exclusiva para pessoas, instituições ou empresas que manifestaram o interesse em recebê-lo. Este artigo aborda temas que ajudam as pessoas, as empresas e as instituições a aprimorar: a) a obtenção de mais e melhores clientes certos; b) a conformidade do que produzem ou fazem à demanda do seu mercado; c) a aproximação de interesses convergentes entre a demanda e a oferta, dentro da área de serviços. É nosso intuito promover o desenvolvimento pessoal e aprimorar as relações comerciais do mercado. 

Este artigo pode ser impresso, repassado ou copiado, no todo ou em parte, desde que: 1. mantida a autoria; 2. divulgado o autor; e 3. divulgado o endereço do site www.merkatus.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.