A LEI DA SAPATARIA

Quando se abre um negócio temos que pensar no mercado que vamos atender. 

Não importa o que você gosta, o que importa é o mercado que você vai atender. 

Você tem que focar, antes de abrir o seu negócio, o que você gosta, e abrir seu negócio com algo que seja agradável para você. Leia o nosso Boletim Eletrônico Semanal “O SEU FOCO PESSOAL”. Mas depois de abrir, não importa mais o que você gosta, o que vale é o que o cliente quer, o que o mercado demanda!

Eu apresento a Lei do Sapataria:

  
 LEI DA SAPATARIA
  
 Para abrir uma sapataria é necessário que se tenha SAPATOS!
  

Lei da Sapataria reflete essa realidade translúcida, que muitos se esquecem, em um comportamento míope: sem sapatos não como abrir uma sapataria. Esse comportamento, frequentemente, é fatal para a sobrevivência do negócio.

Esta também é uma lei inexorável! 

 Portanto para:
  
 – cada número de sapato que você não tenha;
– para cada tipo de sapato que você não tenha;
– para cada cor de sapato que você não tenha;
– para cada acessório que você não tenha;
  
 o cliente vai buscar no concorrente!
  
 Cada vez que o cliente vai buscar no concorrente porque não encontrou na sua loja:
  
 – o seu lucro diminuiu,
– diminui a percepção favorável do seu cliente quanto à variedade da sua loja,
– aumenta a satisfação do seu cliente com o concorrente,
– melhora a propaganda boca a boca do seu concorrente (e piora a sua), 
  
 e esse conjunto de fatores faz com que seu negócio, ao longo do tempo, possa definhar, desaparecer, sumir.
  

Pode parecer absurdo, mas a realidade nos informa seguidamente que, enquanto na natureza jaboticabeira só dá jabuticaba, no mundo dos negócios nem sempre padaria tem pão, nem sempre churrascaria tem carne!

E o seu negócio, como você vai montar o seu negócio?

O seu negócio tem o que deve ter?

O seu negócio tem o que o mercado demanda?

O seu negócio tem o que os seus clientes querem, buscam ou desejam?

Até uma próxima oportunidade!

Carlos Alberto de Faria

Graduado em Engenharia Eletrônica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) em 1972 e Pós-Graduado em Marketing de Serviços pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em 1997. Mais de 40 anos de experiência em Marketing.


Este artigo é uma prática de disseminação de conhecimento adotada pela Merkatus, através do correio eletrônico, de circulação restrita e exclusiva para pessoas, instituições ou empresas que manifestaram o interesse em recebê-lo. Este artigo aborda temas que ajudam as pessoas, as empresas e as instituições a aprimorar: a) a obtenção de mais e melhores clientes certos; b) a conformidade do que produzem ou fazem à demanda do seu mercado; c) a aproximação de interesses convergentes entre a demanda e a oferta, dentro da área de serviços. É nosso intuito promover o desenvolvimento pessoal e aprimorar as relações comerciais do mercado. 

Este artigo pode ser impresso, repassado ou copiado, no todo ou em parte, desde que: 1. mantida a autoria; 2. divulgado o autor; e 3. divulgado o endereço do site www.merkatus.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.