CARLOS ALBERTO DE FARIA  apresenta:
BOLETIM ELETRÔNICO SEMANAL - BES Assinar o BES, clique aqui!



LUCRO: Causa ou Efeito?

"O lucro do nosso estudo é
nos tornarmos melhores e mais sábios."
Michel de Montaigne

___________________________________________________________________
RESUMO:
"No mundo dos negócios a lei da causa e efeito também e ainda é válida. No mkt de relacionamento também, frustrando as expectativas dos que querem obter vantagens rápidas e sem muito trabalho.
___________________________________________________________________


Como já citamos na semana passada:

"85% das empresas fecham até o seu 5º ano de existência."

Falamos, na semana passada, sobre a falta de entendimento sobre o marketing de relacionamento, como um dos fatores responsáveis por esse número impressionante: taxa de 85% de insucesso nos empreendimentos brasileiros. Esta taxa de insucesso é do insuspeito SEBRAE.

O assunto de hoje é, na minha opinião, o maior ofensor do sucesso, ou a visão do empreendedor brasileiro tem sobre o lucro é o maior responsável pela alta taxa de 85% de insucesso, ou fracasso.

Eu já comentei este assunto em outros artigos:

"A Arte Do Lucro"

"LUCRO: Outra Pedra No Caminho Do Empreendedor"

O motivo desta minha afirmativa, a minha certeza, vem da minha experiência pessoal, dos meus contatos com inúmeras pessoas, empreendedores, empresários, alguns falidos, outros de sucesso.

O sucesso, o que a pesquisa do SEBRAE não alcança, é efêmero em muitas ocasiões. Deixe-me explorar um pouco mais este aspecto importante: muitos empresários de sucesso, quando atingem o merecido sucesso, adotam uma postura que resvala pelo orgulho.

Caso ficassem somente no orgulho, não haveria maiores conseqüências, pois se sentir orgulhoso, pertencer à nata dos 15% dos empreendedores brasileiros que não fecham as portas dentro de 5 anos, é um feito que deve ser comemorado e que deve dar orgulho a quem o obteve. Parabéns, se for o seu caso!

O orgulho, aliado à falta de humildade, é que pode provocar verdadeiras catástrofes. A falta de humildade evidencia-se quando o empreendedor senta-se no sucesso, e percebe esse sucesso como perene, sem necessitar mais ou melhores esforços.

Imaginemos um negócio muito simples: um telefone público, daqueles de fichas telefônicas, lembram-se? Vamos imaginar que você ganhou a exploração de um conjunto de telefones públicos, por exemplo, na rodoviária da sua cidade.

O lucro do seu negócio, o seu lucro, será proporcional ao número de fichas telefônicas que o seu telefone público arrecadar.

Como você fará para ter o seu lucro aumentado?

Você só aumentará o seu lucro se aumenta o uso do seu telefone. Para aumentar o lucro você só tem duas estratégias:

- o tempo das ligações aumentarem (mais tempo, mais fichas);

- mais clientes usarem o telefone (mais clientes, mais fichas).

A evidência, aqui mostrada e demonstrada, independentemente da complexidade do que você faz ou oferece ao seu mercado alvo, diz e informa, sem margens a quaisquer dúvidas: o lucro é dependente e causado pelo uso do telefone.

Se você quiser aumentar o lucro, que é um efeito, tem que agir sobre o que o origina: mais clientes ou mais tempo de conversação por telefonema por cliente. Em outras palavras poderíamos dizer que o lucro é conseqüência direta do tempo de utilização do telefone. E o tempo de utilização do telefone é determinado pelo uso dos seus clientes.

Esta é a sua máquina de fazer negócios, é o mecanismo que traz o sucesso para o seu negócio:

1º) Mais clientes -> Mais fichas -> Mais lucro

2º) Maior tempo de conversa telefônica -> Mais fichas -> Mais lucro

Esta é a verdade: o que determina o seu lucro é o uso do telefone pelos seus clientes. Para que aumente o tempo de utilização do seu telefone, lá na rodoviária, você só pode e deve fazer duas coisas bem simples, :

- aumentar o número de clientes;

- aumentar o tempo de uso do telefone, por cada cliente.

Estas são as suas duas únicas estratégias possíveis. Todas e quaisquer táticas e ações, simples ou mirabolantes cabem, necessariamente, nestas duas estratégias básicas.

O seu negócio, qualquer que seja ele, é semelhante ao telefone público.

Você só vai aumentar o lucro, se você arrumar as razões pelas quais os seus clientes potenciais comprem a sua oferta ou os seus clientes comprem, repetidamente e mais, a sua oferta.

O seu cliente é quem traz o lucro para a sua empresa.

Você quer mais lucro?

Se sim, você terá que implantar estas duas estratégias:

- obter mais clientes, ou

- fazer com que a compra de cada cliente seja maior,

- ou, a mais usual, as duas estratégias ao mesmo tempo.

Por esta razão é que eu sempre digo que todas e quaisquer empresas de sucesso têm que manter somente esta principal competência:

"A competência de satisfazer os desejos e as necessidades dos seus clientes, melhor que os seus concorrentes, sempre."

Leia nossos artigos:

EMPREENDEDORES A Lição Esquecida (I)

EMPREENDEDORES A Lição Esquecida (II)

Este é o grande segredo da perenidade do todas e quaisquer empresas.

Lucro?

O lucro é ESSENCIAL, NECESSÁRIO, mas mera conseqüência, e nunca finalidade.

Se a sua empresa precisa de lucro, invista na construção de uma oferta diferenciada ao seu mercado de atuação. A Merkatus pode ajudá-lo. Contate-nos:

cafaria@merkatus.com.br ou
0 XX 47 3369-2465 ou
MSN: cafaria@merkatus.com.br


Construamos uma semana excelente.

Carlos Albe- to de Faria
Merkatus
Ajudando nossos clientes a atrair clientes.

_____________________________________________________________________
Se você quiser assinar GRATUITAMENTE este Boletim Eletrônico Semanal, cadastre-se aqui:

http://www.merkatus.com.br/10_boletim/index.htm . Nesta mesma página podem ser encontrados os Boletins Semanais anteriores.

Caso queira cancelar o recebimento deste Boletim Eletrônico Semanal basta nos enviar um "E-MAIL" para contato@merkatus.com.br preenchendo o campo "ASSUNTO" OU "SUBJECT" com a palavr
a DESCADASTRAR.
______________________________________________________________________

Este Boletim Eletrônico Semanal é uma prática de disseminação de conhecimento adotada pela Merkatus, através do correio eletrônico, de circulação restrita e exclusiva para pessoas, instituições ou empresas que manifestaram o interesse em recebê-lo. Este Boletim Eletrônico Semanal aborda temas que ajudam as pessoas, as empresas e as instituições a aprimorar: a obtenção de mais e melhores clientes certos, a conformidade do que produzem ou fazem à demanda do seu mercado, a aproximação de interesses convergentes entre a demanda e a oferta, dentro da área de serviços. É nosso intuito promover o desenvolvimento pessoal e aprimorar as relações comerciais do mercado.
.Este Boletim Eletrônico Semanal pode ser impresso, repassado ou copiado, no todo ou em parte, desde que
1º - mantida a autoria;
2º - divulgado o autor e
3º - divulgado o endereço do "site"  http://www.merkatus.com.br.

© Copyright 2003-2007, Carlos Alberto de Faria, Merkatus
Este "site" foi desenvolvido pela Merkatus.