CARLOS ALBERTO DE FARIA  apresenta:
 BOLETIM ELETRÔNICO SEMANAL - BES Assinar o BES, clique aqui!


ASSUMA SUAS OPINIÕES

""Se forem sabores, vá com a maioria,
se forem princípios, seja sólido como uma rocha"
Thomas Jefferson

___________________________________________________________________
RESUMO:
"Emita suas opiniões e expresse as suas posições.
Aceite também a livre expressão das idéias dos outros.
O mundo só tem a ganhar com isso."

___________________________________________________________________


Você é um consultor? Você tem receio de assumir posições que possam ir contra o ideário do seu cliente?

Você é um empregado? Você jamais contraria o seu chefe?

Você é um contratado temporário? Você tem medo de externar suas opiniões?

Não importa quem você é, nem o emprego ou o trabalho que você está executando, sempre exprima sua opinião, pois nada justifica você ser um bajulador, um "puxa-saco", ou simplesmente uma pessoa que evita confrontos, conflitos e controvérsias.

Os confrontos, os conflitos e as controvérsias são bastante úteis para se aparar arestas, e a única forma de se tomar decisões por consenso.

Leia o artigo:

CONFLITO: O Bem Necessário

onde mostramos como pessoas maduras emocionalmente utilizam o conflito para aumentarem as suas percepções do mundo, crescerem e gerarem soluções por consenso.

Na solução por consenso todos saem vitoriosos, na solução democrática a maioria vence e a minoria é vencida.

Nas empresas que promovem o "puxa-saquismo", esse tipo de atitude deplorável - e elas existem! -, só fazem gerar mais concordâncias, mais "sins", onde nada é debatido, onde a diversidade e a análise são sufocadas por essa postura ou cultura perniciosa.

Empresas ou "chefes" que gostam de empregados que só respondem sim, que sejam "vacas de presépio", não estão somente defasados, colocam-se como o cliente dos seus empregados, e a produtividade da empresa pouco lhe interessa. Esse tipo de "chefe" é extremamente pernicioso para quaisquer empresas.

Uma cultura empresarial que leve os empregados a serem "vaquinhas de presépio" está fadada a levar à falência a dita empresa. Já os "chefes" que adotam tal postura tendem a ser substituídos, pois esse tipo de "chefe" não serve à empresa, serve somente a si, ao seu grande ego.

Não importa você ser um consultor ou um empregado, se for perguntado ou se a ocasião permitir:

- mostre e demonstre o que você pensa,

- fale de suas crenças, dos seus valores, dos seus princípios,

- dê a sua opinião,

pois isso ajuda as pessoas a saberem com quem elas estão lidando e o que é importante para você. Mostrar-se, educada e firmemente, só faz você ganhar respeito.

Em um artigo anterior, intitulado:

A Diversidade Necessária

nós apresentamos as razões pelas quais a diversidade é uma prática necessária e corrente nas mais diversas organizações, não somente pela responsabilidade social. Essa leitura pode ser interessante para você. Você tem valor exatamente pelo conjunto de características que o tornam um indivíduo único.

A sua riqueza está naquilo que você se diferencia dos demais. Aliás, se fosse para ter empregados todos iguais, estaríamos voltando ao tempo do recrutamento da antiga "mão de obra".

Os japoneses, e a sua melhoria contínua, mostraram as inúmeras vantagens em considerar e aproveitar a dita "mão de obra" também como cabeça pensante, e montaram a sua revolução da qualidade sobre os CCQs (Círculos de Controle da Qualidade).

Com os CCQs, o chão da fábrica passou a ter voz ativa na determinação do que fazer, como fazer e o que e quando melhorar. Esta revolução alavancou a indústria japonesa trazendo o país como uma das potencias industriais deste século.

A livre e necessária manifestação do seu ponto de vista no ambiente empresarial, social e familiar, e a correspondente assunção de que todos podem e devem colaborar com sua individualidade única para que se consiga:

- obter uma visão multifacetada do mundo,

- aumentar o conhecimento,

- melhorar o planejamento,

- facilitar a ação,

- ajudar o comprometimento mútuo;

- conferir mais substância à tomada de decisões, e

- possibilitar resultados mais abragentes.

Por estes motivos assuma as suas posições, pois elas serão oportunidades de crescimento tanto para você como para o grupo que o cerca. O grupo aprende com você e você aprende com o grupo.

Medo e "respeito exagerado" não levam ninguém para frente, nem ao sucesso.

Se estiver ocorrendo algo diferente disso é melhor ir buscar outros ares, pois o consultor foi feito para propor e alavancar mudanças, o empregado precisa utilizar sua capacidade plena para entregar a sua contribuição, ambos para construir um mundo melhor.

Se o objetivo fosse ficar como está, não seriam necessárias pessoas, não seria necessário você.

Nem sempre as suas posições e as suas opiniões serão levadas em conta, mas isso será uma oportunidade de você aprender, mas sempre elas merecem o respeito de todos, assim como você deve respeito às posições e opiniões dos outros.

Leia o artigo anterior:

Portanto, o mundo precisa e você tem o direito, por você ser a pessoa única que você é, de apresentar suas posições, assumir suas opiniões. O mundo só tem a ganhar com isso, inclusive você.

Se você tem interesse em promover a diversidade no ambiente de trabalho para colher melhores resultados no mercado, nós, da Merkatus, podemos ajudá-lo. Contate-nos já:

calfaria@merkatus.com.br ou
0 XX 47 3369-2465 ou
MSN: cafaria@merkatus.com.br

Assuma a construção de uma semana excelente.

Carlos Alberto de Faria
Merkatus - Ajudando nossos clientes a atrair clientes.

_____________________________________________________________________
Se você quiser assinar GRATUITAMENTE este Boletim Eletrônico Semanal, cadastre-se aqui:

http://www.merkatus.com.br/10_boletim/index.htm . Nesta mesma página podem ser encontrados os Boletins Semanais anteriores.

Caso queira cancelar o recebimento deste Boletim Eletrônico Semanal basta nos enviar um "E-MAIL" para contato@merkatus.com.br preenchendo o campo "ASSUNTO" OU "SUBJECT" com a palavr
a DESCADASTRAR.
______________________________________________________________________

Este Boletim Eletrônico Semanal é uma prática de disseminação de conhecimento adotada pela Merkatus, através do correio eletrônico, de circulação restrita e exclusiva para pessoas, instituições ou empresas que manifestaram o interesse em recebê-lo. Este Boletim Eletrônico Semanal aborda temas que ajudam as pessoas, as empresas e as instituições a aprimorar: a obtenção de mais e melhores clientes certos, a conformidade do que produzem ou fazem à demanda do seu mercado, a aproximação de interesses convergentes entre a demanda e a oferta, dentro da área de serviços. É nosso intuito promover o desenvolvimento pessoal e aprimorar as relações comerciais do mercado.
.Este Boletim Eletrônico Semanal pode ser impresso, repassado ou copiado, no todo ou em parte, desde que
1º - mantida a autoria;
2º - divulgado o autor e
3º - divulgado o endereço do "site"  http://www.merkatus.com.br.

© Copyright 2003-2007, Carlos Alberto de Faria, Merkatus
Este "site" foi desenvolvido pela Merkatus.