CARLOS ALBERTO DE FARIA  apresenta:
BOLETIM ELETRÔNICO SEMANAL - BES Assinar o BES, clique aqui!




ONDE ESTÁ A PRODUTIVIDADE?

"O senso comum não é assim tão comum."
Voltaire, (1694 - 1778)


___________________________________________________________
RESUMO:

A produtividade é um imperativo para as empresas competirem no
mercado. Saiba o que as pesquisas apontam como a principal alavanca
da produtividade da sua empresa.
___________________________________________________________________


A sua empresa tem que buscar a produtividade a qualquer custo, sob a pena de ver os concorrentes tomarem os seus mercados, e sua empresa ser obrigada a fechar as portas.

Mas como obter essa tal de produtividade?

Produtividade significa, basicamente:

- produzir mais com menos recursos;

- produzir igual quantidade com menos recursos;

- produzir mais com os mesmos recursos;

- produzir igual quantidade, com mais qualidade, com os mesmos recursos.

Todas estas opções representam um aumento de produtividade.

Sua empresa cresceu, você não é mais capaz de supervisionar tudo o que se faz como provavelmente fazia nos primeiros tempos.

Se sua empresa é grande há bastante tempo, você já sabe que precisa contar com a boa vontade dos seus empregados, pois é lá com eles que "as coisas" acontecem.

A sua empresa acontece longe dos seus olhos. Na realidade, a sua empresa acontece somente fora dela, lá no mercado, quando os seus clientes resolvem trocar o dinheiro deles por aquilo que você e seus empregados produzem. Esta é a grande hora da verdade, não é mesmo?

E para que a sua empresa aconteça é necessário que os seus empregados tenham comprometimento com a empresa, e vice-versa, é necessário que sua empresa seja e esteja também comprometida com os seus empregados.

Muitas vezes esquecemo-nos de que a produtividade vem somente através de pessoas. Máquinas, sozinhas, não funcionam. Máquinas cada vez mais sofisticadas exigem cada vez mais empregados altamente capacitados.

Não dá para entregar uma "Ferrari" na mão de qualquer joão-ninguém.

Nessa rua de duas mãos, do comprometimento empresa-empregado e empregado-empresa, está a constatação feita pela Vanderbilt University, em parceria com a empresa CustomerSat, ambas nos EUA, através de uma pesquisa, de que empregados fiéis é que geram clientes fiéis.

A obtenção de clientes fiéis está fortemente correlacionada à existência de empregados também fiéis. É mais uma vez o princípio da reciprocidade funcionando.

Isto representou um avanço no campo da administração, pois comprova algo que há muito tempo se pregava, mas sem a devida validação: é da prévia existência da parceria empresa - empregado que floresce a parceria empresa - clientes.

Esta constatação está refletida também nos "Critérios De Excelência 2005" do Programa Nacional da Qualidade. Esta publicação apresenta o estado da arte da gestão neste nosso mundo globalizado. Lá está escrito, na página 38, no Critério PESSOAS:

"Como a organização colabora para a melhoria da qualidade de vida da sua força de trabalho fora do ambiente organizacional? Destacar como os familiares das pessoas que compõem a força de trabalho são considerados nas ações para a melhoria da qualidade de vida."

Valorizar a mão de obra e seus familiares, dar apoio, segurança e tranqüilidade, não é despesa, é um investimento com retorno certo.

Lembre-se do que já dissemos: na sua empresa podem existir equipamentos de valor igual ou superior ao preço de uma Ferrari. Quem são os motoristas dessas suas "Ferraris"? Você tem uma relação de confiança com eles?

Estudo comparativo recente (2005) conduzido pela prestigiosa APQC (American Productivity & Quality Center), entre empresas americanas de peso, com atuações reconhecidas e globalizadas como CISCO e CATERPILLAR, intitulado "Managing The Total Customer Exeperience", informa o seguinte:

"Investir na melhoria da qualidade de vida do empregado para melhorar a experiência do cliente resulta em maior lealdade do empregado e do cliente e menores custos de produção."

Isto é aumento de produtividade. Ou não?

Eu posso garantir, baseado nos dados citados, que os seus empregados estão comprometidos com a sua empresa tanto quanto a sua empresa está comprometida com eles. Isso pode ser uma boa notícia ou uma péssima notícia, para você, dependendo do seu relacionamento estabelecido junto a seus empregados.

Investir na tranqüilidade e segurança dos empregados tem como resposta mais e melhores clientes, que por sua vez possibilitam mais tranqüilidade e mais segurança, criando um círculo virtuoso onde todos são beneficiados:

- os clientes pelos serviços e produtos de qualidade superior;

- os empregados, pela tranqüilidade, segurança e realização pessoal que obtém através da sua empresa;

- os proprietários ou acionistas por terem seu patrimônio valorizado ou um maior retorno do seu investimento;

- a sociedade circundante que, através da responsabilidade social da empresa, se sente participante da construção de um mundo melhor.

E onde todos se sentem melhor, todos estão mais felizes.

Então poderemos dizer que a produtividade está à sua frente, sempre que você estiver se dirigindo aos seus empregados. Depende somente de você promovê-la e mantê-la.

Se a sua empresa precisa aumenta a produtividade a Merkatus pode ajudar a lançar a ponte entre o seu sonho de negócio e sucesso no mercado.

Façamos uma excelente semana.

Carlos Alberto de Faria
Merkatus - Ajudando nossos clientes a atrair clientes.

_____________________________________________________________________
Se você quiser assinar gratuitamente este Boletim Eletrônico Semanal, cadastre-se aqui:

http://www.merkatus.com.br/10_boletim/index.htm . Nesta mesma página podem ser encontrados os Boletins Semanais anteriores.

Caso queira cancelar o recebimento deste Boletim Eletrônico Semanal basta nos enviar um "E-MAIL" para contato@merkatus.com.br preenchendo o campo "ASSUNTO" OU "SUBJECT" com a palavr
a DESCADASTRAR.
______________________________________________________________________

Este Boletim Eletrônico Semanal é uma prática de disseminação de conhecimento adotada pela Merkatus, através do correio eletrônico, de circulação restrita e exclusiva para pessoas, instituições ou empresas que manifestaram o interesse em recebê-lo. Este Boletim Eletrônico Semanal aborda temas que ajudam as pessoas, as empresas e as instituições a aprimorar: a obtenção de mais e melhores clientes certos, a conformidade do que produzem ou fazem à demanda do seu mercado, a aproximação de interesses convergentes entre a demanda e a oferta, dentro da área de serviços. É nosso intuito promover o desenvolvimento pessoal e aprimorar as relações comerciais do mercado.
.Este Boletim Eletrônico Semanal pode ser impresso, repassado ou copiado, no todo ou em parte, desde que
1º - mantida a autoria;
2º - divulgado o autor e
3º - divulgado o endereço do "site"  http://www.merkatus.com.br.

© Copyright 2005, Carlos Alberto de Faria, Merkatus
Este "site" foi desenvolvido pela Merkatus.