CARLOS ALBERTO DE FARIA  apresenta:
 BOLETIM ELETRÔNICO SEMANAL - BES Assinar o BES, clique aqui!


 

SOU O FILHO DO DONO! E AGORA?


Eu participo de alguns grupos de discussão na Internet com finalidade de aprender e apreender onde estão as dificuldades das pessoas.

Nos primeiros dias deste ano houve a colocação que dá nome a este Boletim. Esta é resposta que eu dei, melhor editada e com alguns complementos.

Eu, se eu fosse mal educado ou daquelas pessoas que perdem o amigo, mas não perdem a oportunidade, responderia essa questão simplesmente assim:

- "Bem feito!"

Mas, como eu não sou mal educado, e essa resposta não ajuda em nada, eu vou tentar ajudar a você, comentando alguns aspectos de uma realidade bastante comum aos "filhos dos donos".

Você, por ser filho do dono, tem uma grande vantagem. Em compensação esse benefício inicial tem a sua contrapartida, um preço, que queira você ou não, você vai ter que pagar.

Leia no sítio da Merkatus, na página das Leis de Marketing, o seguinte artigo:

"A Lei Do Almoço De Graça"
http://www.merkatus.com.br/20_leis/32.htm .

A grande vantagem é você herdar um negócio pronto e rentável, funcionando. Quem não gostaria, não é?

Já algumas das desvantagens são as seguintes:

1. Histórico
A história da empresa do seu pai está com ele. E com alguns empregados. Por mais que ele tente repassá-la para você, será sempre uma imagem do que aconteceu, nunca a realidade aprendida no embate diário no mercado.

O seu pai fala uma coisa, de acordo com a experiência e vocabulário dele, você entende outra coisa, de acordo com a sua experiência e entendimento. Como você não participou da criação da empresa - provavelmente você era criança - você não tem a história e o caminho das pedras de quem "ralou" para fazer essa empresa crescer, ser o que ela é hoje.

Este desconhecimento inescapável deve ser acompanhado da necessária humildade para aprender, tanto com os empregados que ajudaram o seu pai a construir a empresa, como com o seu "velho", não sendo demérito nenhum perguntar e procurar a orientação deles.

2. Herança X Competência
Como você assume por laços de parentesco, não por competência - pelo menos não ainda demonstrada de forma cabal - a sua liderança pode ser questionada, principalmente por aqueles empregados que se sentem em condições de assumir o seu posto e que crêem que já demonstraram "serviço".

3. A Construção Da Sua Imagem
Somente o dia a dia de muito trabalho e acertos é que pode tirar a imagem de "filhinho do papai".

4. O Seu Comprometimento
A sua humildade e a sua determinação de levar a empresa adiante, junto aos empregados, fornecedores e clientes é que vão favorecer, ou não, a sua imagem construída.

5. O Comprometimento Dos "Outros"
Os "outros" só irão estar comprometidos com você, "fechados" com você e com o seu projeto, quando você se mostrar confiável.

Lembre-se da definição de liderança: líder é quem tem seguidores. Se não há seguidores não há líderes. E as pessoas só seguem aquelas nas quais elas depositam confiança. Portanto, para que haja comprometimento com você, primeiramente você tem que inspirar confiança, pois é você que está chegando agora.

6. Cuidando Da Prata Da Casa
Um único empregado, da área de compras ou da área de vendas, que saia da sua empresa pode fazer uma grande diferença, para pior para a sua empresa, para melhor para os concorrentes que os contratarem, quando ele passa para os concorrentes. Muito cuidado com a dispensa de pessoal.

7. A Arrogância
A possível arrogância do "eu sou o filho do dono" e o "quem manda aqui sou eu!" é um excelente início de caminho para o buraco, para situações difíceis, incluindo a falência.

O difícil é a escolha do ponto certo entre humildade e determinação. Abaixo de humildade é passividade, acima de determinação é autoritarismo.

8. A Mudança
Você pode e deve imprimir o seu ritmo próprio (isto é determinação).

A agora "sua empresa" está desse jeito porque assim foi construída. Antes de mudar é bom entender porque assim foi construída (isto é humildade).

Para você mudar a agora "sua empresa" é necessário que as pessoas mudem. Você pode trocar pessoas. Os outros empregados podem se sentir inseguros. Lembre-se do que falamos acima sobre liderança.

O medo paralisa, diminui a produtividade. Já a auto-estima elevada aumenta a produtividade.

9. A Sua Empresa É A Sua Cara
Não importa o que você faça, o que você fizer deixará a empresa com a sua cara, com o seu perfil. A sua empresa é um retrato de como você age e de como você é percebido.

10. Demissões
As demissões devem ser evitadas, mas nunca postergadas. Como já falamos há que se ter determinação.

Lembre-se, há dois tipos de empregados que você deve evitar:

- aqueles que não fazem o que você pede e
- aqueles que só fazem o que você pede!

Boa sorte!

Façamos uma semana de proveito para nós e para aqueles que nos cercam!
__________________________
Nós teremos o prazer de atendê-lo, caso você queira saber mais sobre estas e outras estratégias atrair mais e melhores clientes, ou ainda comentar algum aspecto deste Boletim Eletrônico Semanal. Não hesite em contatar-nos:

Merkatus - Ajudando nossos clientes a atrair clientes

contato@merkatus.com.br ou

047 369-2465

Se você quiser assinar GRATUITAMENTE este Boletim Eletrônico Semanal, cadastre-se aqui:

http://www.merkatus.com.br/10_boletim/index.htm . Nesta mesma página podem ser encontrados os Boletins Semanais anteriores.

Caso queira cancelar o recebimento deste Boletim Eletrônico Semanal basta nos enviar um "E-MAIL" para contato@merkatus.com.br preenchendo o campo "ASSUNTO" OU "SUBJECT" com a palavr
a DESCADASTRAR.
______________________

Este Boletim Eletrônico Semanal é uma prática de disseminação de conhecimento adotada pela Merkatus, através do correio eletrônico, de circulação restrita e exclusiva para pessoas, instituições ou empresas que manifestaram o interesse em recebê-lo. Este Boletim Eletrônico Semanal aborda temas que ajudam as pessoas, as empresas e as instituições a aprimorar: a obtenção de mais e melhores clientes certos, a conformidade do que produzem ou fazem à demanda do seu mercado, a aproximação de interesses convergentes entre a demanda e a oferta, dentro da área de serviços. É nosso intuito promover o desenvolvimento pessoal e aprimorar as relações comerciais do mercado.
.Este Boletim Eletrônico Semanal pode ser impresso, repassado ou copiado, no todo ou em parte, desde que
1º - mantida a autoria;
2º - divulgado o autor e
3º - divulgado o endereço do "site"  http://www.merkatus.com.br.

© Copyright 2004, Carlos Alberto de Faria, Merkatus
Este "site" foi desenvolvido pela Merkatus.